terça-feira, 29 de novembro de 2011

E que venha a chuva...

 E que venha a chuva para lavar todos os meus maus conceitos, todas as minhas tolices e preocupações desnecessárias. E que venha também o sol, para quem sabe me tirar dessa penumbra incansável, aquecer aquilo que, de tão gélido, se perdeu. E eu quero também a primavera, o outono, a neve... Preciso renascer, preciso recomeçar, preciso de uma nova chance, de uma limpeza em minha vida, de um vento forte pra espantar tudo aquilo que não me pertence de verdade, de algum sopro frio pra congelar tudo aquilo que ainda me chateia...

4 comentários:

  1. Muito bom!!!!! Parabéns!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto.
    Voce escreve super bem. Parabens!

    bjs.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir